O HOMEM E SEUS DEMÔNIOS - FERNANDO RISCH #14




Título: O Homem e Seus Demônios
Autor: Fernando Risch
Páginas: 216
Editora: Multifoco





Sinopse: 

Ao tentar alcançar seus sonhos, Farris Knox se aterroriza com as infindáveis dúvidas que serão postas em seu caminho e não há bebidas suficientes para tranquilizar sua alma. Como ao utilizar restos humanos para fabricar sabão, o escritor usará as mesmas inquietações de George Orwell, Charles Bukowski, Ernest Hemingway, F. Scott Fitzgerald, Edgar Allan Poe e José Saramago em seu Livro do Fim. Ou seria em O homem e seus demônios? O mundo se esvai em repetições e o fim, todos sabem, nunca é feliz.





Resenha:



 Farris Knox é novo, mas parece ter vivido muito já. Foi traído, iludido, e abandonado por seus "amigos". Depois da traição da noiva, escreveu um livro contando a experiência. 

 Na editora conhece Lingley, funcionário da Letter's Digest, a editora que lança seu livro. Lingley acredita no potencial de Knox e o trás para a fama. Com ajuda de Carragher, Knox fica famoso no pedaço após uma critica boa em relação ao livro. 

 Até então, Knox, trabalhava em uma fábrica de sabão, decide então deixar o seu emprego, já que está ganhando bastante, e tende a se dedicar a ser escritor, após ter um contrato assinado com a editora. Só que Knox não imagina o quanto é difícil escrever sem inspiração.

 Lingley tendo uma cobrança por parte da editora, começa então, a tentar descobrir oque Knox já escreveu. Em uma tentativa de se aproximar, apresenta sua filha, Charlotte. No dia seguinte após se conhecerem, Charlotte o convida a ir ao Rit's Bar, local que ele já frequenta.
 Oque ninguém imagina, é que Knox é assombrado por seus autores favoritos.

Confesso que adorei o livro, uma leitura sem enrolação, onde o livro não é cheio de voltas. O final surpreendeu, de uma forma maravilhosa, mas acho que eu já esperava aquele desfecho.

Agradeço ao autor por ter nos dado essa oportunidade de ler seu livro. (Confesso que queria ler o Livro do Fim, hahaha!)



Mais informações sobre o autor:







Postado por: Amy

1 comment

Érica Camelatto 20 de abril de 2016 19:08

Parece um livro muito bom e só por não ter enrolação já o torna bom!
Adorei a resenha, beijinhos <3
http://viajenumlivro.blogspot.com.br/

Postar um comentário